Allfabetização

Este postal é - creio - uma fotografia retirada dum dos dois filmes que há dias vi sobre as campanhas de alfabetização, as tais em que eu gostaria de ter participado em Agosto último se ... Esta cena do filme era comovente: uma mulher que até aí não sabia comunicar por escrito, conseguir fazê-lo. A procura das sílabas, o gesto hesitante, o voltar atrás para corrigir ou desenhar melhor a letra !!! Deve ser bestial um tipo descobrir que sabe ler, não achas? (1974)

Escrevivendo e Photoandando

No verão de 1996 resolvi não ir de férias. Não tinha companhia nem dinheiro e não me apetecia ir para o Mindelo. "Fechado" em Setúbal, resolvi escrever um livro de viagens a partir dos meus postais ilustrados que reavera, escritos sobretudo para casa em Luanda ou para a mãe do Rui e da Susana. Finda esta tarefa, o tempo ainda disponível levou me a ler as cartas que reavera [à família] ou estavam em computador e rascunhos ou "abandonos" de outras para recolher mais material, quer para o livro de viagens, quer para outros, com diferente temática.

.

Depois, qual trabalho de Sísifo ou pena de Prometeu, a tarefa foi-se desenvolvendo, pois havia terras onde estivera e que não figuravam na minha produção epistolar. Vai daí, passei a pente fino as minhas fotografias e vários recorte, folhetos e livros de "viagens", para relembrar e assim escrever novas notas. Deste modo o meu "livro" foi crescendo, página sobre página. Pelas minhas fotografias descobri terras onde estivera e juraria a pés juntos que não, mas doutras apenas o nome figura na minha memória; o nome e nada mais. Disso dou por vezes conta nas linhas seguintes.

.

Mas não tendo sido os deuses do Olimpo a impor me este trabalho, é chegada a hora de lhe por termo. Doutras viagens darão conta edições refundidas ou novos livros, se para tal houver tempo e paciência.

VN

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Intervalo no epistolário

por Victor Nogueira a Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2013 às 19:41
 
No blog 5 dias http://blog.5dias.net/  há um post criticando o facto de Arménio Carlos, secretário-geral da cgtp, na manifestação dos professores, ter  caracterizado um dos "representantes" da troika externa, ocupante e neo-colonizadora, de "escurinho".
 
Estava dado o mote para que alguns comentadores entrassem em delírio acusando a "esquerda", os comunistas e os sindicalistas da cgtp de serem racistas e blá-blá blá. 
 
Até se metem ao barulho dois que se afirmam goeses, vítimas , segundo eles, de racismo da "esquerda, dos comunistas e dos sindicalistas da cgtp, afirmando mesmo um deles entre outras "pérolas" que «estes gajos são uns racistas tão encapotados que até colocaram um indiano na presidencia da camara em Évora só para disfarçar tenho para mim que lutaram pela independencia das colónias, ops!…províncias ultramarinas só para se verem livres dos pretos que achas camarada? »
 
As manobras de diversão e divisionismo são o pão nosso de cada dia. Aqui vos deixo os meus comentários no referido post
 
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
 
1. - 
 Janeiro 31, 2013 ás 4:38 pm
 
Mentes com quantos dentes tens. Admito que haja racistas na “esquerda” mas há muito mais na direita, nos governantes do ps-psd-cds. Nas forças de segurança. [Na imprensa] Entre os eleitores do cds-psd-. E seguramente que na UGT. Mas tu, aldrabão ou cego, usas palas ou perdeste os olhos em que combate?
 
Em Évora desde muito antes do 25 de Abril fui aluno e fiquei amigo do Dr Abílio Fernandes, que depois de Abril foi eleito – e não nomeado – Presidente da Câmara Municipal de Évora Estimado pelos alunos e pelas populações. E pelos comunistas.
 
No sindicato filiado na cgtp de que fui activista e dirigente há pessoas não brancas . E estima-nos uns aos outros
 
Não sei o que é isso de ser branco. Aliás a humanidade terá surgido em … África. E a cor da pele foi uma adaptação às condições climáticas. E na altura dos chamados descobrimentos havia na América, na Ásia, em Africa, povos e culturas tão ou mais avançados do que os europeus, do ponto de vista tecnológico  Mas, adiante.
 
A superioridade europeia seria apenas na tecnologia armamentista e na intolerância religiosa e cristã, baseada na religião única, [a verdadeira] - a seguir à judaica do Povo Eleito fora da qual não haveria salvação Sei lá o que é isso de raça – . Substituamos povo por raça – e teremos a pretensa superioridade dos latinos sobre os não europeus ou dos arianos sobre todos os outros.
 
Sim, é verdade que após as 1ªas eleições autárquicas (1977 ?) em que a esmagadora maioria votou no dr Abílio Fernandes – houve funcionárias da secretaria da Câmara Municipal de Évora que tentaram iniciar um movimento para impedir a sua tomada de posse, alegando que era o que faltava, «um Presidente de Câmara preto». Seguramente que não haviam votado na força política de que era ele militante nem eram comunistas ou do mdp-cde.
 
2. - 
 
Janeiro 31, 2013 ás 1:17 am
 
Há ódios que cegam!
 
 
Salazar, Caetano e toda a sua corte defendiam a superioridade da raça branca e da chamada civilização cristã e ocidental e a inferioridade dos negros, animistas, sem direitos de cidadania, sujeitos a trabalho efectivamente escravo. [...] Logo, consideravam inferiores civilizações e culturas milenares e outras religiões que não fossem as cristãs e, dentro destas, a católica apostólica romana. Eram Salazar e seus apoiantes e seguidores de esquerda?
 
Era Portugal apresentado como um país multi-racial e em 10 de Junho celebrava-se o dia da RAÇA? Qual raça se portugal seria um país multi-racial ?
 
Havia o livro único na escola primária – do Minho a Timor, como se apregoava. Se folhearem os livros encontram apenas brancos e crianças brancas. Mesmo nas gravuras das criancinhas da Mocidade Portuguesa. As criancinhas não brancas seriam de que Mocidade ? Ah! Uma excepção, salvo erro no livro da 3ª classe – 3 criancinhas – a branca, vestida "normalmente”, a indiana, com traje “indiano” e a negra … de tanga. Eram de esquerda os que aprovavam e difundiam esta ideologia ?
 
Eram de esquerda Salazar e Caetano e seus apoiantes que proibiam a religião judaica ou o islão ou mesmo as igrejas cristãs “protestantes” ?
 
Fruto desta ideologia racista a maioria do povo português, apesar de explorado, usa(va) expressões elucidativas. “trabalhar que nem um mouro”, “mourejar de sol a sol”, o “trabalho é bom para o negro” ou falava das “ciganices”, não de Salazar e seus apoiantes e seguidores ou das trafulhices dos cantineiros das roças ou dos comerciantes ou banqueiros. Estes, era tudo gente séria.  [E ainda dentro dos preconceitos racistas ou xenófobos de salazar e caetano mas não só, encontramos expressões pejorativas, como "de espanha nem bom vento nem bom casamento" ou termos depreciativos para designar a realidade ou determinadas camadas sociais ou populações: galegos, saloios, parolos, judeus, ciganos, romenos, brasileiros, ou as anedotas sobre os alentejanos, de que a maioria deles se ri]
 
Naturalmente que os indianos tb eram [e são] vítimas deste racismo. Racismo fomentado por quem colonizava e explorava.l E continua a neo-colonizar e explorar.
 
 
3. -
Janeiro 31, 2013 ás 12:36 am
 
Manuela Ferreira Leite do psd defendeu em tempos que o Estado não devia gastar dinheiro com velhotes com determinado tipo de doenças ou acima de derminada idade, depois de ter defendido a suspensão da Constituição da República Portuguesa !ALGUÉM SE LEMBRA DISSO ?
 
Cavaco, governantes e deputados do psd-cds e muitos do ps afrontam a CRP que juraram cumprir e fazer cumprir . QUEM FALA NISSO ? QUEM SE INDIGNA ?
 
eX-”CAVAQUISTAS” ESTÃO INDICIADOS POR FRAUDE, CORRUPÇÃO E MESMO HOMICÍDIO. Alguém se lembra? QUANTO NOS CUSTA O bpn E A “RECAPITALIZAÇÃO DA BANCA DA USURA E DA ESPECULAÇÃO FINANCEIRA ?
 
UM INDIVÍDUO DO PSD, DEPUTADO, ignorante, inculto, fala da peste grisalha omitindo toda uma política do ps-psd-cds contra a natalidade, a paternidade, a maternidade, a protecção social e a garantia de trabalho com direitos. O mesmo indivíduo ALDRABÃO ou ignorante (de que o envelhecimento demográfico é comum à chamada europa mais ou menos desenvolvida), boçal, defende algo que se assemelha muito às teorias nazis da raça superior, da marginalização dos imigrantes e dos diferentes, do extermínio das “bocas” improdutivas. [Aliás na mesma linha do ministro japonês]. Leram? Está aqui
 
 
Terá sido infeliz Arménio ? Deveria ter dito eufemisticamente “o mais bronzeado” ou “o mais queimadinho”?
 
DE FERREIRA LEITE, DO PSD, DO CDS, DO DEPUTADO BOÇAL E DE CAVACO E SEUS APOIANTES NÃO QUERO NEM ACEITO DESCULPAS. NEM DESSA GENTE QUE NOS TRAMA NAS TROIKAS INTERNAS E EXTERNAS..
 
QUERO APENAS O SEU AFASTAMENTO E UMA OUTRA POLÍTICA. QUERO O AFASTAMENTO SEM REFORMAS DOURADAS E MORDOMIAS DESTA GENTE ESCURINHA OU CLARINHA QUE DESRESPEITA E DESPREZA QUEM TRABALHA, OS JOVENS, AS CRIANÇAS, AS MULHERES, OS IDOSOS, OS DOENTES,
 
 
ARMÉNiO FOI INFELIZ ? TALVEZ. Mas que faremos e que dedos apontaremos a quem despreza e só tem como caminho o de quem nos rouba, despreza,e mata mais ou menos lentamente?
 
 
======================
 
Devo confessar a minha falta de inteligência. Porque umn dos pretendsos "goeses" me/nos vem esclarecer que em relação a ele eu sou um tótó.
 
 
Caxineiro diz:
Janeiro 31, 2013 ás 6:49 pm
oh tótó, já alguma vez viste gajos azuis ou verdes? ( no carnaval não vale estava a gozar com o “não branco” ou lá o que caralho do gajo diz ser
 
 
toda esta estorinha do “racismo” do A C e da esquerda é ridícula e só pelo lado do ridículo ou do absurdo pode ser tratada.de contrário é estar a dar corda à direita. é jogar com as regras impostas pela direita mais reacionária, essa sim racista
 
 
 
Victor Nogueira diz:
 Janeiro 31, 2013 ás 10:10 pm
 
Não creio que tenha entrado em desculpas. É verdade que na internet grassa muita estupidez e que o sentido de humor não é exclusivo da malta de esquerda.
 
 
Talvez eu seja tótó ou talvez quem escreve comentários como os teus devesse pensar quer há muitos tótós e gente que mesmo não o sendo gosta de lançar a confusão e pescar em águas turvas.
 
 
Mas, Caxineiro, o que se passa em portugal e no Mundo é de tal modo grave que há certas vias de humor pouco claro que não deveriam ser seguidas. Para confusões já chegam as da central de desinformação do governo e seus patrões e beneficiários, internos e externos.
 
 
Afinal ainda deve haver muita gente que acredita que os comunistas matam os velhos e comem criancinhas ao pequeno almoço e que quiseram instaurar uma ditadura em Portugal, que o amigo dos americanos impediu em nome da democracia e do súcialismo em liberdade que nos levou ao estado súcial em que estamos mergulhados.
 
 
Registo,de qualquer modo, o teu esclarecimento.
 
 
Hesito se deva ou não terminar com um LOL
 
 
 
Livro único, do Minho a Timor

 
Livro único, do Minho a Timor

 
Livro único, do Minho a Timor

 
a mentira da multi-racialidade na verdade da gravura

a raça superior

 
auto de fé da única religião, a "verdadeira"

 
Sem Abrigo em Lisboa, no Terreiro do Paço ou Praça do Comércio


Sem comentários: